Partilhar

Mais informações

Versão

Programas relacionados

Como criar e utilizar vistas rodadas

A criação de vistas rodadas permite utilizar diferentes eixos de ortogonalidade por vista, facilitando a introdução de elementos nas vistas, mantendo a orientação geral do modelo. Desta forma, é possível introduzir partes do modelo, como fachadas ou divisórias, que não estejam alinhadas com as direções cardeais (Norte, Sul, Este ou Oeste).

Este método é válido para qualquer programa que utilize o ambiente de trabalho 3D.

Para tal, na secção “Vistas“, no lado esquerdo da interface, clique em “Criar“, no painel “Tipo de vista” selecione “Genérica” e clique em “Aceitar“:

Clique num primeiro ponto do modelo (este ponto determinará a posição em altura da nova vista). Em seguida, selecione a opção “Introdução por coordenadas” na parte superior da interface e selecione “Coordenadas polares” (os valores X, Y e Z apresentados correspondem aos do último ponto introduzido). Introduza agora um valor qualquer em “C” e um ângulo “α” (alfa) que pode corresponder ao desvio em relação ao norte. Prima a tecla Enter enquanto o cursor está a piscar no último campo, isto completa a introdução do eixo X do plano de trabalho da nova vista. Clique noutro ponto da área de trabalho para introduzir o eixo Y do plano de trabalho da nova vista (a sua posição em relação ao eixo X determinará também o eixo Z da nova vista).

Seguidamente, termine a configuração da vista introduzindo os seus dados, como a sua “Referência” ou as distâncias de visualização (“Distância ao plano superior” e “Distância ao plano inferior”), e clique em “Aceitar” para terminar.

A nova vista rodada estará disponível em “Vistas“, na secção “Genéricas“. O plano de trabalho, as máscaras e os sistemas de ortogonalidade dessa nova vista serão adaptados ao ângulo introduzido, permitindo assim trabalhar confortavelmente noutros ângulos introduzindo os elementos na vista.

Pode utilizar a opção “Ir ao plano de trabalho” da barra de ferramentas superior do painel “Vistas” para que a orientação no ecrã coincida com a orientação dos eixos da nova vista. Os eixos globais do modelo, que se mantêm sem rodar, aparecem na parte inferior esquerda da vista.

Se desejar trabalhar com outros ângulos, pode criar e utilizar tantas vistas genéricas rodadas quantas as necessárias no mesmo modelo.

Se utilizar este método no CYPE Architecture, ao exportar para o BIMserver.centre, mantém-se o critério de que o norte segue o eixo Y verde global, que também corresponde ao eixo da mesma cor do plano de trabalho da vista 3D original por defeito. Portanto, a utilização de vistas rodadas não afetará a direção Norte. Assim, não serão necessárias mais adaptações noutros programas.